Como dimensionar ar condicionado

Vem chegando o verão e com ele está aberta a temporada oficial dos ar condicionados e climatizadores de ambiente.

Devido às altas temperaturas da estação no Brasil, o ar condicionado virou artigo de desejo de muitos brasileiros.

Mas qual é o ar condicionado que atende às minhas necessidades? Como eu calculo a dimensão que ele precisa atingir, antes de adquirir?

Antes de investir em um equipamento climatizador, é importante saber, a partir dos metros quadrados da área e probabilidade de ocupação, quantos BTUs atendem à demanda do ambiente.

O que são BTUs?

BTU é a sigla para British Thermal Unit, a Unidade Térmica Britânica, medida que determina a potência de refrigeração de um ambiente.

Em termos de referência, 1 BTU é a quantidade de refrigeração necessária para reduzir a temperatura de meio litro de água em 0,56ºC.

Calculando BTUs

Para simplificar o cálculo, tome por base a quantia de 600 BTUs. Para cada aparelho ligado na área total e cada pessoa ocupando este espaço determinado, acrescente 600 BTUs.

Caso a área esteja exposta a luz solar, é um fator extra que deve ser contabilizado com outros 800 BTUs, correspondente à quantidade de frio necessária para neutralizar essa exposição.

Exemplificando:

Supomos que a área total de uma sala seja de 15 m² e nela trabalhem três pessoas com seus respectivos laptops.

Para calcular a potência mínima do ar condicionado:

Vamos determinar que essa sala também possui incidência solar forte durante o período da tarde.

Assim:

9.000 + 1.800 + 1.800 + 800 BTUs = 13.400 BTUs.

O ar-condicionado desta sala precisa de, no mínimo, a potência de 13.400 BTUs para climatizar perfeitamente o ambiente.

O que acontece se eu optar por um equipamento abaixo da potência recomendada?

Ao optar por uma potência abaixo do cálculo de estimativa, a refrigeração do ambiente não será completamente efetiva, como se o ar condicionado não “desse conta” de abranger todo o espaço que deveria.

E não é só isso: a potência mais baixa não dando ‘vazão” à demanda, acaba fazendo com que o usuário use em temperaturas abaixo do recomendado, o que, por sua vez, causa um desgaste muito maior de seus componentes, acarretando em gastos com manutenção e afetando diretamente a vida útil do aparelho.

O custo na conta de luz também é afetado, pois o ar condicionado precisa trabalhar mais para refrigerar, gerando valores mais elevados de consumo.

E se meu ar condicionado estiver acima da potência necessária?

Caso haja um extrapolamento de potência, a refrigeração será bastante intensa, assim como também aumentará o custo de fornecimento na conta de luz.

Viu como é importante dimensionar bem a potência do ar condicionado?

É a partir desse cálculo que é possível determinar qual potência cobre a necessidade de cada espaço, para que não haja desgaste ou desperdício de economia.

Antes de adquirir um equipamento de refrigeração, tenha certeza que ele se adequa às suas demandas.

Leia também: Como climatizar um ambiente?

 

Qual a melhor forma de climatizar minha empresa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA