Principais causas de acidentes elétricos blog

Você sabe quais são as principais causas de acidentes elétricos? Geralmente acidentes dessa natureza são evitáveis.

Se todas as orientações técnicas são seguidas à risca e o profissional eletricista é capacitado, os riscos costumam ser mínimos.

Por isso, o importante é sempre identificar as principais causas e riscos de acidentes elétricos.

Sabendo identificar as causas de um acidente elétrico, é possível ficar mais atento para evitar ao máximo que isso aconteça.

É preciso dar muita importância para a segurança no trabalho, garantindo assim a saúde dos profissionais.

A seguir, descubra quais são as cinco principais causas de acidentes elétricos.

1- Falha de comunicação

Para tudo funcionar em segurança, é importante que todos os colaboradores envolvidos em um trabalho que envolva eletricidade se comuniquem entre si. Isso evita acidentes de pequena e grande intensidade.

Por exemplo, se dois profissionais estão trabalhando no conserto de um equipamento movido a eletricidade e há falha na comunicação, um deles pode conectar o equipamento novamente à rede elétrica sem avisar, possibilitando assim que o outro profissional, desavisado, toque em algum local e sofra uma descarga elétrica.

2- Momento de distração

É preciso de muito foco e atenção ao realizar trabalhos em instalações elétricas. Uma das principais causas de acidentes elétricos é a desatenção e isso pode gerar consequências muito sérias, colocando em risco a segurança dos profissionais.

Por isso, durante reparos ou manutenção em instalações elétricas, é importante que o profissional dedique sua total atenção e evite distrações com conversas ou celular.

3- Não seguir corretamente os procedimentos de segurança

Geralmente existe um modo a ser seguido para cada atividade, onde os procedimentos são previamente definidos.

Se o profissional deixa de seguir esses procedimentos e decide atuar por conta própria, abre-se uma porta para acidentes elétricos.

É essencial, além de ter os procedimentos bem definidos, que o profissional responsável pela atividade os siga corretamente. São definições pensadas para a segurança no trabalho.

4- Não usar corretamente os Equipamentos de Proteção Individual

Os Equipamentos de Proteção Individual, chamados EPI, foram projetados com o intuito de aumentar a segurança no trabalho.

Caso o profissional deixe de usá-los, ou utilize de forma incorreta, porá em risco a sua própria saúde e segurança. É preciso verificar a forma correta de uso dos EPIs e utilizar corretamente.

5- Treinamento técnico precário

A falta ou a precariedade do treinamento técnico é uma das principais causas de acidentes elétricos.

Trabalhar com eletricidade é sempre arriscado, portanto é imprescindível que haja conhecimento técnico para saber exatamente o que pode ou não ser feito, e como fazer realizar cada etapa.

Para os serviços onde o profissional lida com os equipamentos elétricos ou instalações, é muito importante que haja um treinamento técnico adequado.

Assim esse profissional saberá a melhor maneira de trabalhar com eletricidade, seja direta ou indiretamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA